Nossa Anadia, Nossa Notícia.

O conteúdo que Anadia merece.

Coluna do Dresch

Brasil exporta programa de redução da pobreza Segunda-Feira, 14 de Setembro de 2015

     Ao participar de um seminário sobre transferência de renda em Assunção, no Paraguai, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva abordou mais uma vez o trabalho do seu governo em tirar o Brasil do Mapa da Fome da ONU. Com base nas políticas desenvolvidas no governo Lula, o Paraguai também criou programas próprios de transferência de renda, como o Tekoporã, criado há dez anos e que beneficia mais de 600 mil paraguaios, criando um desenvolvimento econômico inclusivo. Lula foi recebido pelo presidente Horácio Cartes e foi apresentado como “um amigo do Paraguai”.

A redução da pobreza 2

                   No seu discurso, Lula lembrou que ao assumir o governo no Brasil existiam 54 milhões de pessoas vivendo abaixo da linha da pobreza e resolveu dar prioridade às politicas sociais para dar mais equilíbrio social ao país. Ele defendeu o papel do Estado nas politicas sociais e centralizou as mesmas no papel desenvolvido pela mulher, que tem mais compromisso com a família, com o bem estar dos filhos. Ele citou as politicas integradas ao Bolsa Família, que tiraram  36 milhões de pessoas da miséria. Lembrou dos 50 milhões de hectares disponibilizados para agricultura familiar, o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), além do Programa Luz Para Todos, que levou energia para mais de 15 milhões de pessoas, para citar apenas alguns.

A longevidade real

                   Os britânicos não quiseram comemorar, mas se encheram de orgulho na semana passada, quando a Rainha Elizabeth superou a marca da sua tataravó, a Rainha Vitória, por ficar mais tempo no poder. Vitória permaneceu á frente do reino por 63 anos, sete meses e dois dias, tempo superado por Elizabeth na última quarta feira. Ela assumiu o trono britânico em 1952, com a morte do pai, o rei Jorge VI. Apenas uma exposição de fotos e vídeos no Palácio de Kensington foi aberta ao público para celebrar o recorde. Elizabeth chega aos 90 anos de idade com uma baita popularidade e de ter superado momentos cruciais durante seu reinado. Enfrentou a Guerra Fria, logo após reestruturar o país por causa da II Guerra Mundial. Passou por atentados terroristas em 2005 e conviveu com 12 primeiros-ministros, entre eles Winston Churchil e Margaret Tatcher, mas nunca se envolveu diretamente com a política. Soube se portar como uma Rainha quando a Escócia manifestou interesse em deixar o Reino Unido, pedindo a todos os cidadãos escoceses que votasse no plebiscito de acordo com suas consciências. Enfrentou com dignidade o fim do casamento dos três filhos e a morte da Princesa Diana. Ano passado a Rainha abriu uma conta no Twitter e tem hoje 1,2 milhão de seguidores. Essa é uma das suas principais virtudes, acompanhar e conviver com as mudanças do tempo e da sociedade.

Áreas de conservação

                   Alagoas pode ganhar em breve mais quatro áreas de conservação, todas na bacia do Rio São Francisco. Uma equipe do Instituto do Meio Ambiente (IMA), procedeu estudos nos locais esta semana, para reconhecimento e elaboração dos primeiros resultados. Caso se tornem unidades de conservação, elas irão proteger a biodiversidade existente nos locais, especialmente os biomas caatinga e Mata Atlântica. O Ministério do Meio Ambiente considera áreas prioritárias para ações de conservação. Após as primeiras avaliações serão realizados os estudos físicos, bióticos e socioeconômicos que vão definir o tipo e a categoria dessas áreas.

Áreas de conservação 2

                   De acordo com o IMA as áreas em estudo encontram-se nos municípios ribeirinhos de Penedo (nas proximidades da Área de Proteção Ambiental da Marituba do Peixe) e também em Traipu e em Piranhas. O trabalho de análise esta sendo feito em parceria com a Codevasf e as áreas poderão ser de Proteção Integral (com utilização restrita) e de Uso Sustentável, quando são permitidos diversos tipos de usos dos recursos naturais de forma equilibrada e monitorada. Em Alagoas atualmente existem 53 unidades, sendo cinco Áreas de Proteção Ambiental (APAs), um Refúgio de Vida Silvestre, duas Reservas Ecológicas, uma Estação Ecológica e 28 Reservas Particulares do Patrimônio Natural, além de outras em estudo.

As cores da urina

                   O corpo humano, na maioria das vezes utiliza a urina para expulsar bactérias e organismos prejudiciais á saúde. Um adulto saudável, que tenha o hábito de beber pelo menos 2 litros de água diariamente, pode urinar de seis a oito vezes em um período de 24 horas. A urina comum e saudável é normalmente amarelada e translúcida, mas pode sofrer alterações dependendo de alguns alimentos com corantes, por medicamentos ou mesmo por doenças diversas. Sentindo urgência em urinar, notando o xixi escurecido ou necessidade constante de ir ao banheiro, pode estar com infecção urinária. A doença acontece pela presença exagerada de bactérias na uretra e na bexiga, mas nada que não possa ser solucionado com antibióticos.

As cores da urina 2

                   Se constatar tonalidades diferentes na cor da urina converse com seu médico. A cor verde pode ser ocasionada pelo uso de medicamentos. O azul de metileno deixa a urina esverdeada. Alimentos com altos níveis de betacaroteno podem deixar a urina alaranjada. Cenoura, mamão e abóbora são alguns. Antibióticos ou excesso de Vitamina B também podem alaranjar. Se a urina estiver rosa ou vermelha, ou comeu muita beterraba ou está com sangue na urina. A cor turva pode ser indicativo de infecção ou problemas renais. A cor amarelo escura pode significar hepatite ou algum tipo de medicamento. A cor preta pode ser sinal de uma doença genética rara, chamada de alcaptonúria, um defeito metabólico.

  • O prefeito de Maceió Rui Palmeira e executivos da empresa Almaviva, inauguram, nesta segunda feira (amanhã) mais uma unidade da multinacional na capital alagoana.
  • Com esta nova unidade, a empresa terá oito mil funcionários em Maceió, sendo a cidade onde a empresa terá o maior número de funcionários no mundo. A seleção de novos funcionários continuará sendo feita pelo Sistema Nacional de Empregos, o Sine na sua agência na capital alagoana.
  • A instalação da Almaviva por aqui, é fruto de um trabalho realizado para incrementar a economia da capital, através da criação de postos de trabalho. Para tanto a Prefeitura criou um programa de incentivos fiscais específico para empresas de call center e de telemarketing.
  • A nova unidade da empresa, que vai funcionar no Benedito Bentes, terá mais de 1 mil posições de atendimento e prestará serviços para empresas de TV por assinatura e telefonia.
  • A empresa pertence ao Grupo Almaviva – Providing Solutions, com matriz na Itália, líder em Tecnologia da Informação e Comunicação, com atuação em países como o Brasil, estados Unidos, Bélgica, Tunísia, Colômbia e África do Sul.



// Deixe seu comentário

Bartolomeu Dresch


Sobre o autor