Nossa Anadia, Nossa Notícia.

O conteúdo que Anadia merece.

Alagoas

Mulheres realizam ato contra a cultura do estupro em Maceió Sábado, 04 de Junho de 2016

Após a repercussão do caso de uma jovem de 16 anos que foi estuprada no Rio de Janeiro, integrantes do Movimento Mulheres em Luta (MML) realizam, neste sábado (04), um ato contra a cultura do estupro. A manifestação tem como ponto de concentração o Alagoinhas, no bairro da Ponta Verde. Após a passeata, o protesto continua no Iphan.

Segundo Pollyana Melo, uma das organizadoras da manifestação, o que ocorreu com a adolescente no Rio de Janeiro fez com que as mulheres abrissem os olhos para enxergar a sociedade atual. “A gente sabe que todos os dias isso acontece, estupro, assédio, mas quando o caso veio à tona, todas as mulheres tomaram pra si um pouco da dor sofrida pela jovem”, comentou.

Ainda de acordo com Pollyana, a ideia do ato surgiu após uma reunião com cerca de 200 mulheres dias depois do estupro da adolescente. Elas discutiram sobre o caso e organizaram uma manifestação. “O nosso objetivo de hoje é conscientizar as pessoas, mostrar a nossa indignação e dizer não ao machismo”, ressaltou. E ainda acrescentou “foi uma comoção geral essa história do estupro, a reação das mulheres virtualmente foi muito grande, esperamos contar com muitas pessoas protestando hoje”.

Com cartazes e frases confeccionadas pelos manifestantes, a intenção é fazer uma passeata por toda orla de Maceió até chegar ao Iphan, onde haverá apresentação de bandas.

Mulheres de outras cidades também realizaram ato contra a cultura do estupro nos últimos dias, entre as cidades estão: Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Luís.



Fonte: Cada minuto







// Deixe seu comentário

// Curta no Facebook